Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Programas sociais > Escola de Equitação da Polícia Militar do Distrito Federal
Início do conteúdo da página

Escola de Equitação da Polícia Militar do Distrito Federal

Publicado: Sábado, 07 de Julho de 2018, 07h11 | Última atualização em Terça, 17 de Dezembro de 2019, 16h53 | Acessos: 1376

A Escola de Equitação, é programa de política pública desenvolvido no Comando de Policiamento Montado, regulamentado pela portaria PMDF Nº 1007, de 31 de maio de 2016, que tem como objetivo a prevenção primária, onde através do ensino da arte de equitação a crianças, jovens e adultos de diversas cidades do Distrito Federal, busca-se o desenvolvimento de atributos da área afetiva essenciais a formação do caráter e evitam desta forma, que fiquem ociosos e afastando-os do envolvimento em ações criminosas e do uso de drogas. Durante as instruções de equitação ministradas por policiais militares, estes alunos recebem noções de cidadania e respeito às normas vigentes, auxiliando assim na formação do cidadão do futuro, aprimorando também o desenvolvimento de virtudes como a coragem, a liderança, o espírito de decisão, inteligência, a iniciativa, a resolução, a perseverança, a calma, a paciência, e ao mesmo tempo o domínio de si mesmo, etc.
Além disso, insere os alunos na prática de uma atividade física que desperta a destreza e a agilidade, apresentando-os ao mundo do esporte equestre, através do hipismo clássico, modalidade na qual a Escola de Equitação se baseia. Periodicamente os alunos são submetidos a competições internas de salto a fim de colocar em prática os conhecimentos adquiridos no decorrer das aulas, além de estarem sendo preparados para competições maiores, como campeonatos nacionais e brasilienses organizados pela Federação Hípica de Brasília. As provas trazem premiação aos primeiros colocados motivando cada vez mais o empenho dos alunos no esporte.

- Quem pode ser praticante de Equitação?

A partir de 08 anos de idade qualquer pessoa que tenha capacidade física atestada por um médico poderá praticar equitação.

- Inscrição, Seleção e Matrícula 

O interessado deverá comparecer a Seção de Equitação Social do Comando de Policiamento Montado para preencher uma ficha e informar o seu desejo de praticar equitação. O nome será incluído em uma lista de espera e quando houver vaga para iniciante, a secretaria da escola de equitação entrará em contato via telefone convocando-o para avaliação.
Os alunos iniciantes no projeto serão submetidos ainda a uma avaliação prática perante a equipe para averiguar as condições físicas e de equilíbrio do candidato. Estas condições são necessárias à prática da equitação sendo o candidato considerado apto ou inapto após a referida avaliação.

Requisitos para matrícula:
- Possuir 8 (oito) anos de idade ou mais;
- Preenchimento da ficha de matrícula;
- Entrega de uma foto 3x4;
- Entrega de avaliação médica atestando a capacidade para a prática de equitação.

- As aulas

O período de instrução terá duração média de cinquenta minutos. É obrigatório o uso do capacete individual, botas, culote e camiseta do projeto, ficando a cargo do aluno a aquisição do referido material.
Serão oferecidos pelo programa quatro categorias de instruções:
- Nível Iniciante: voltado para o ensino básico da equitação e o adestramento do cavaleiro, com altura máxima de 0,40m (quarenta centímetros) para o salto;
- Nível Iniciante II: voltado para a transição de ensino básico para o intermediário, com grau médio de equitação e altura máxima de 0,50m (cinquenta centímetros) para o salto;
- Nível Intermediário: dirigido a alunos com grau médio de equitação, com altura máxima de 0,60m (sessenta centímetros) para o salto;
- Nível Avançado: para alunos confirmados no domínio de sua montada, com altura máxima de 0,80m (oitenta centímetros).

- Visitas

O projeto poderá receber visitas de pessoas e instituições mediante solicitação prévia à Coordenação. 

- Contato

 (61)99676-1982.
Segunda à sexta das 08h às 18h. Sábado: 8h às 12h.

Fim do conteúdo da página