Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Capelania

Publicado: Quarta, 30 de Maio de 2018, 19h20 | Última atualização em Quarta, 28 de Novembro de 2018, 15h22 | Acessos: 151
imagem sem descrição.

O artigo 1º do Anexo da Portaria PMDF Nº 790 define que “O Serviço de Assistência Religiosa da Polícia Militar do Distrito Federal (SAR/PMDF) tem por finalidade prestar assistência religiosa e espiritual aos policiais militares, aos servidores civis e suas respectivas famílias, bem como atender a encargos relacionados com as atividades de educação moral realizadas na Corporação, de acordo com as políticas estabelecidas pelo Comandante-Geral e diretrizes do Subcomandante-Geral”.

O que é?

A assistência religiosa compreende o exercício de cultos, a celebração de ofícios, ordenanças, sacramentos e outros atos religiosos, de caráter confessional, em benefício dos integrantes da Instituição, conforme o Credo professado pelo assistido. A assistência espiritual compreende o exercício de atividades de caráter religioso que transcendem os limites confessionais, direcionadas ao público geral, com o objetivo de promover o desenvolvimento pessoal e institucional, elevar o moral individual e coletivo, bem como possibilitar um convívio fraternal e harmonioso nos ambientes profissional, familiar e comunitário. A educação moral objetiva o bem-estar do policial militar e de seus familiares e compreende as ações e atividades destinadas à formação, cultivo e fortalecimento de valores morais e éticos adotados pela Instituição. Como fruto de seu alinhamento estratégico com os objetivos da Corporação, a Capelania trabalha a motivação e satisfação para o trabalho, a aproximação entre a Corporação e a Comunidade, a prevenção ao suicídio, à violência doméstica, ao endividamento, à dependência química e promove a qualidade de vida do policial.

As atividades rotineiras são cultos, missas, batismos, casamentos, orações, palestras, reflexões, cursos, campanhas, atendimento pessoal e coletivo (aconselhamento, meditação e coaching), apoio em situações de luto e morte, visitação domiciliar, hospitalar e prisional bem como realização de eventos especiais.

Quem pode solicitar?

O público prioritário é o policial militar da ativa, mas as atividades se estendem aos inativos, familiares e, em algumas ocasiões, a pessoas da comunidade. A participação é sempre voluntária e gratuita e a forma de acesso varia de acordo com a atividade. Algumas são por solicitação direta da pessoa, via telefone ou pessoalmente, outras por designação do comando, outras por inscrição e outras pelo simples comparecimento do interessado ao local do evento.

Como solicitar?

Em regra, a Capelania possui atividades de 7h às 22h, com atendimento de plantão em feriados e finais de semana para necessidades emergenciais. Embora muitas de suas atividades sejam realizadas no Templo Militar ou na Capela do Policial, ambos no Setor Policial Sul, a Capelania atua em todo o Distrito Federal, nos quartéis, residências, hospitais, etc., conforme demanda.

A comunicação com a Capelania se dá pelos seus números funcionais (996856055 e 999429358). Não há tramitação de processos de atendimento no âmbito da Capelania.

Previsão legal 

A previsão legal do serviço encontra-se no artigo 135 do Estatuto da PMDF, no Decreto Distrital 37.321 e nas Portarias PMDF Nº: 790; 922; 923 e 1074.

Fim do conteúdo da página